Realidade

Há situações que nos fazem crescer. Enquanto noutras pessoas não, continuam a "bater na mesma tecla."Ainda gostava de saber o que é que certas pessoa têm na cabeça. Que é nada. Só pode. Há mesmo pessoas que não têm noção nenhuma da realidade. Em que eu, com 26 anos, tenho mais juízo que uma pessoa com mais anos que eu. Como é que há pessoas que não crescem, não querem mudar, acham que são muito boas, pessoas que são inseguras, que para tudo pedem opinião, epá, dá vontade de enfiar uma bofetada para ver se acordam. Se uma pessoa não é coerente, num dia muda de opinião duas e três vezes, diz que sim e depois diz que não, fogo tomem o raio de uma decisão. Aprendam. Porque eu não tenho paciência para estas cenas. Não sou mãe de ninguém. E sabem aquelas pessoas que só gostam de ficar por cima? Que adoram pisar os outros? Que só sabem desfazer, fazer pouco do que faço? Pois... Tenho um irmão que adora pisar-me. Que é inseguro. Com estas coisas não me admiro que se tenha divorciado, eu não o consigo aturar. E eu sou irmã. E sinceramente, ele está a ficar cada vez pior. Eu sou uma pessoa sossegada, mas quando me pisam até uma resposta torta levam. Não ando aqui a brincar. Eu não tenho uma mãezinha que me faz tudo. Sei o trabalho que dá cozinhar, limpar, lavar a roupa, eu até quando estava na terra no verão era menina para lavar roupa no tanque, e aqui quando a roupa é nova não vai logo para a máquina, primeiro uma bacia com omo (sabão em pó), que algumas deitam tinta, e depois estender. Eu tenho a minha vida, não continuo na mesma, sem evoluir. Não fui eu que desperdicei todo o mimo que ele teve. Depois eu é que sou mimada, e miúda. Ele sempre gostou de me pisar. Desde sempre me lembro que ele me punha a chorar, dizia coisas para me magoar. E eu desde que estou com o meu Homem que cada vez mais me apercebo de coisas que antes não apercebia. E agora não me deixo pisar. Tenho a minha vida com o meu marido, vou voltar a estudar, e pelos vistos ele tem medo que eu "o passe à frente". Custa ver estas cenas. Mas é a realidade. Eu acho que sou uma pessoa humilde. Sou bem educada. Tenho noções diferentes da realidade. Cada pessoa tem a sua opinião, há que respeitar. Cada um é como é, eu sei que tenho defeitos e qualidades, não sou convencida, nem me acho a maior. Mas há coisas que não admito. E faltas de respeito é uma delas. E há situações em que bem podem tentar ser melhor que eu, só que eu não ligo a isso, eu não tento ser melhor que ninguém, a não ser eu própria. Melhorar a pessoa que sou, crescer, conseguir aquilo que quero. Com esforço e muito trabalho. A vida não é fácil, comigo não há atalhos ou caminhos fáceis, isso não existe. Há o esforço, e muita luta. Fazer por isso.
Essa e outras que não têm ideias próprias, que gostam muito de imitar os outros. Mas isso são outros quinhentos. Mas que há coisas tão ridículas que só dão vontade de rir, mesmo. Enfim. É isso e mentirem-me, quando eu já sei a verdade. 

Share:

0 comentários