Já não me lembrava

de como era voltar a estudar. E levar uma mochila pesada. E ficar com dores de costas. Ainda não fui ao gym, ainda não tenho sítio para meter o saco pesado do gym, logo não vou andar ainda mais carregada, hoje segui o meu instinto e não levei o saco, senão ainda era pior. Uma pessoa leva cadernos, leva água e lanche, e aquelas coisas básicas numa bolsinha (pensos, elásticos, lenços, carmex, mini espelho, mini creme de mãos, gel desinfectante e pastilhas) e parece que tudo junto pesa chumbo. Agora custa um bocado até me habituar, principalmente porque é uma canseira andar de transportes públicos, haver atrasos, parece que não é uma hora de transportes até chegar à universidade. E digamos que horas de ponta, é cá uma confusão. Sendo uma pessoa mais sossegada isto de estar o dia todo com confusão e barulho, chego a casa e quero é silêncio, ficar sozinha, acho mesmo que sou uma pessoa introvertida. 
Agora é estudar, e tentar conciliar tudo, ainda não sei quando vou ao gym (este mês já paguei, shame on me), porque com tanta coisa para fazer não sei. Hei-de ver disso. Daqui a nada começa a chuva que tanto adoro (not) e não se pode andar na rua, é que usar óculos tem destas coisas, quando está calor ficamos com vapor nas lentes, quando chove é pingas, e coisas assim.
Vou só ali descansar as costas que amanhã levanto-me às 6h da manhã (hora tão bela para ficar na cama).
E ainda não digeri que me vou levantar quase sempre a essa hora. E ir dormir cedo. Ao fim de semana tiro a desforra da minha caminha. E de ficar até às 2h da manhã a ver vídeos no youtube. :D   

Share:

3 comentários

  1. Querer silêncio não faz de nós introvertidas, acho... :) Identifico-me com essa necessidade de silêncio, principalmente ao final do dia, mas há alturas em que um bocadinho de rebuliço faz bem à alma.

    Ginásio ao fim-de-semana, não é opção? O meu domingo começa (quase) sempre com ginásio. Bom, Pilates... Ainda assim, começa com exercício. :p

    ResponderEliminar
  2. Lily Oakes, obrigada pelo comentário :)
    Sobre o silêncio, li um livro com esse mesmo nome, e identifico-me com a maior parte das coisas de pessoas introvertidas, na parte em que muito barulho e confusão de pessoas me tira a energia, ainda mais agora que comecei a universidade, é pior.
    Há alturas em que rebuliço faz bem à alma, é verdade, mas ainda estou no início, custa a habituar, principalmente por perder 3 horas diárias entre transportes, é muito cansativo, chego a casa só quero é silêncio, um chá, esticar as pernas, e estar sossegada.
    Ginásio ao fim de semana não sei (só se for uma caminhada), enquanto não me habituar ao ritmo frenético disto tudo não vou, não tenho energia suficiente ainda.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Há que compartimentalizar tudo. :) Sem stress. Beijinho.

    ResponderEliminar