Prioridades

Acho que hoje em dia esta malta anda com as prioridades todas trocadas. E com muita, mas muita falta de humildade. Sou uma pessoa sossegada, não gosto muito de confusões, mas não confundam isso com falta de auto-estima. Uma pessoa pode ser tranquila e meio estranha, mas gostar dela assim. Agora pessoas que se acham "a última bolacha do pacote" epá, menos. Não sei o que vai na cabeça destas miúdas que são "cheguei, olhem para mim que sou tão boa". A minha reacção imediata é pensar "coitadas, têm ali muita falta de atenção ou de outra coisa qualquer". Onde estão as pessoas humildes? Cada vez é mais raro. Tal como conversar com uma pessoa em que o tema não seja futebol, programas deprimentes,etc.
Esta sociedade está cada vez mais consumista. Fui ver preços de cubos mágicos (rubik), não fazia ideia de que haviam sequer de 6x6, a 40€. Say what? Fico escandalizada com estes preços.
Eu até posso meter aqui cenas de moda, que gostava que fossem parar ao meu armário, mas é apenas um desejo. Raramente é algo que eu vá gastar dinheiro, a não ser uma peça ou outra... Eu digo sempre que sou fona, é verdade é que sou forreta, principalmente quando posso comprar algo por metade do preço, e como já estudei e trabalhei com publicidade, conheço algumas técnicas para o chamado "apelar à compra". Ninguém é de ferro, também há aquelas pessoas que dizem que não conseguem resistir a doces, mas isso chama-se auto-controlo. São coisas que se treinam. 
Há momentos em que temos de saber priorizar as coisas, e neste momento, a minha prioridade é a universidade. Como tal, cancelei o ginásio. Custa um bocado, mas em termos logísticos, para ir tinha de ser depois das aulas (era lá perto), era almoçar, e ir lá. Mas depois fazer tempo por causa da digestão para o banho, e ir para casa, estudar, organizar tudo para o outro dia, tive de ser realista e ver que não sou a super mulher. Não há tempo para tudo. E a minha sanidade mental agradece, que isto de andar a dormir muitas vezes 6h por noite não é fácil. A parte positiva é que já não tenho insónias, chego à cama e adormeço facilmente. "ah e tal podias deitar-te mais cedo", mas gente, não dá. Com a quantidade de coisas para fazer, estudar, ler, e preparar, quando vou olhar para o relógio já passou imenso tempo. Quem disse que vida de estudante é fácil é porque não tinha responsabilidades para além dos estudos. Eu que já trabalhei, a mim está a custar mais estudar do que trabalhar. É mais cansativo. É que durante a semana eu revejo o que dei no dia, e tomo notas, mas ao fim de semana é quando tenho mais tempo para estudar. O tempo passa a correr, não dá para tudo. Continuo a minha alimentação saudável, mas sinto falta do exercício... Mas entre dormir e fazer exercício, escolho dormir, quando o descanso é pouco noto logo, ando cheia de sono, à dias ia caindo para o lado, estava numa aula e fiquei com tonturas tal não é o cansaço. Enfim. Horas de sono precisam-se. Com licença vou dormir mais uma hora hoje (tão bom).
Beijinhos* 

Share:

0 comentários