Dia dos Namorados & outros

Sou só eu que acho as montras das lojas cheias de corações e peluches uma coisa foleira?
A sério, depois do Natal, começa a enchente de S. Valentim. É tão tão piroso. 
Eu sou uma pessoa romântica, mas o consumismo desta época é ridículo. Sou bem casada e não ligo a esse dia. Qual é a cena? É o dia de provar o amor? Oferecer peluches e coisas só porque "é o dia"? 
Como eu costumo dizer, é preferivel mostrar que se gosta de alguém com gestos do que com objectos. Um gesto romântico, uma tarde enrolados na mantinha no sofá a ver um filme, ou uma carta fofinha, um post it com uma coisa engraçada, coisas simples... Fazer um jantar mais requintado, com velas...
Esse tipo de coisas são mais intimas, é isso que tem piada. Não "jantar fora" com restaurantes cheios, onde não há privacidade, e é tudo um exagero. Se há coisa que raramente faço é jantar fora, não é só porque sou fona, mas porque gosto de saber o que como. E também porque sai muito mais barato fazer em casa vá. E também porque sou selectiva com a comida, não é esquisita, é mesmo porque tenho de cuidar da saúde. 
Ainda tenho algum anónimo a dizer que sou assim e assado porque não gosto de comer fora, mas da minha vida sei eu. Não gosto de gastar dinheiro em futilidades, Comprar comida no supermercado sim, gastar 50€ num jantar para dois não. São prioridades. 
Cada um sabe de si. E onde gasta o dinheiro. Ninguém tem nada a ver com isso. Ainda há dias li num blog só criticas a uma rapariga que leva um estilo de vida com mais dinheiro. Só porque comprou isto ou aquilo que a maior parte das pessoas não pode comprar. Se ela pode, o que os outros têm a ver? 
Se há coisa que me faz comichão é apontarem o dedo aos outros. Parece coisa de putos mimados, da escolinha, a ver quem compete para ter mais. Hoje em dia vê-se tanta gente assim, que até pode andar a passar fome mas anda com um carro xpto (a pagar no banco), o que interessa é o "status". A sério? 
Cérebro e humildade pessoas, sabem o que é isso? Há muita falta de chá hoje em dia. 
Às vezes é preciso uma paciência para lidar com esta malta. Pensa que tudo é fácil, não dão valor às coisas, têm uma coisa amanhã já se cansam, sabem criticar o que uma pessoa faz mas nem sabem fazer, quanto mais fazer melhor. 
Tenho andado ausente, é tanta coisa para fazer. Passar horas a estudar, quase me ia saltando a tampa com uma colega que não faz nada, é ver a malta que copia a passar, e uma pessoa anda a esforçar-se (sem outras vias) e não passa. São muitas coisas ao mesmo tempo. A vida às vezes não é lá muito justa. Ninguém quer saber de ninguém, até no mundo do trabalho isso acontece. Pessoas que entram por cunhas e depois não fazem nada de nada, e mandam nos outros, há um monte de coisas muito erradas hoje em dia. Isto é só um desabafo. 
Mas já fico feliz quando vejo que há pessoas assim a cair do poleiro. E de ver quem merece que o esforço e o trabalho compensam. Pode demorar, mas acontece. 
De resto, não tenho mais novidades. A agitação do dia a dia já me chega. :)
Beijinhos*  


Share:

1 comentários

  1. Olha eu o Mais-que-Tudo já não celebramos o dia dos namorados aos anos! Anos!!

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar