Dos preços

Ora que aumentem o preço das bebidas alcoólicas, refrigerantes e batatas fritas tudo bem, já que não são propriamente saudáveis. Mas ontem deparei-me com um aumento gigante quando fui ao supermercado. Pois que os iogurtes que antes comprava (mimosa azuis) a 1,32€, agora estão a 2,29€. Aumentaram mais 75%. Como pode?  Dá que reflectir (e resmungar indignada também). Ora uma pessoa tem uma alimentação saudável. Raramente come fritos/doces/comidas processadas. Vi também o preço dos hamburguers de soja, ora 2, uma embalagem que nem devia pesar mais de 300g, a 3€. Eu fico é com pena dos vegetarianos/vegans, já que os produtos não são exactamente baratos. Eu gosto de fazer refeições vegetarianas de vez em quando, com soja granulada, como se fosse bolonhesa.
É minha impressão ou os supermercados estão cada vez mais caros? Ora eu desde que comprei uma iogurteira no lidl que não voltei a comprar iogurtes sólidos. Faço só naturais, e adiciono doce de maçã /pêra (que também faço). Com isto já paguei a máquina. E ainda só passaram uns 2 meses desde que a comprei. E cada vez mais sou adepta de fazer coisas em casa (quando tenho tempo para as fazer). Fica mais barato, e é mais saudável. Eu olho sempre para a tabela nutricional dos alimentos. Muitas vezes fico escandalizada a ver iogurtes com 15/20g de açúcar por iogurte. Agora também se vendem pães congelados sem lactose/glúten. Olhei, 6 pães mais pequenos que os integrais, quase 4€. Eu sei que sou fona, mas na minha opinião isto é um abuso. Todas as semanas vejo o que há nos folhetos e faço uma lista de compras. Até faço contas enquanto ando às compras. Ora para não falar das tentações que nos tentam impingir quando vamos às compras. Consigo identificar quase todos os truques (não tivesse eu trabalhado num sítio destes), e como tal, entro lá, faço as compras e venho embora. Não tenho exactamente muito tempo para andar lá a passear, embora alguns funcionários estejam lá a dormir e nem bom dia dizem às pessoas. Isso é outra conversa. 
Uma pessoa anda sempre à caça dos descontos e promoções, e mesmo assim acho muito o que gastamos por mês no supermercado. Ser saudável, ter uma alimentação sem processados, com pouco açúcar e poucos hidratos de carbono sai caro. Mas é a saúde que está em causa. Há que ter uma boa alimentação, cuidar de nós, evitar stress (isso é das coisas em que mais tenho que mudar, evitar o stress, mas é difícil, andar na correria o dia todo e sentir que não consigo ter tempo para recarregar energias é do pior, fico exausta). 

Share:

1 comentários

  1. Se tu és fona, então eu também sou.
    Às vezes também fico parva com o preço das coisas. Principalmente com o preço da alimentação mais saudável. Absurdo!

    Beijinho d'

    A Marta
    https://amartaeumblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar